terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Dr. Alberto Gonzalez - Lisboa.



O Leite da Terra, convidou "O Médico Verdureiro", que vai estar em Lisboa, 
dia 27, 28 e 29, de Maio de 2013
Vagas limitadas!

 

Eu sou um médico verdureiro”, brinca o cirurgião e cientista, que tem no currículo mestrado e doutorado pelo Institut fuer Chirurgisches Forschung Ludwig Maximilian de Munique, Alemanha e mais de cem artigos científicos publicados. E, foi justamente as pesquisas científicas que levaram o Dr. Gonzalez a exercer hoje o que ele chama de uma “medicina integrativa”, “não cartesiana”: “Nós não precisamos usar tanto a farmácia como as pessoas usam”, afirma. Para demonstrar como viver bem, o “médico do suco verde” dá palestras em português, inglês e alemão pelo mundo afora.

Em síntese, o Dr. Gonzalez avisa que sua medicina é alopática sim, mas antes de tudo, probiótica, ou seja, a favor da vida, e nutracêutica: “E não opero mas com bisturi, opero com uma maçã, conta.
Os estudos do médico que opera “com uma maça ou jabuticaba no lugar do bisturi ou do cateter” têm chamado a atenção da mídia, da comunidade científica, dos profissionais da área da saúde e de milhares de pessoas em busca da cura e da longevidade. Pacientes vindos de todos os lugares do Brasil e do mundo querem aprender a alimentação viva, empregada já por povos sadios da Antiguidade como os essênios, e que propõe a transformação de hábitos nocivos arraigados em atitudes conscientes de saúde. A alimentação viva (e crua) regula o colesterol e o açúcar, ajudar a manter a saúde em todo o corpo prevenindo e auxiliando na cura de doenças como o câncer, doenças cardíacas, intestino, fortalecendo o sistema vascular, o coração, o sistema digestivo, a imunidade, o organismo como um todo



Não percam!!

Publicado em 21/05/13 07:36

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Em Janeiro ... só para lembrar!


A alimentação baseada em ALIMENTOS VEGETAIS, CRUS e VIVOS realmente entrou na moda nos últimos anos - o segredo  é que não precisa ser chato, difícil, "perigoso" ou desagradável - em vez disso, pode ser um dos mais deliciosos, satisfatórios e nutritivos alimentos que você já comeu é uma escolha tão incrível para a sua saúde como para a  saúde do nosso planeta.

Se você quer aprender como é feito,  junte-se a nós, pois abordamos a área da saúde, da alimentação natural e da perfeição gastronómica, nesta introdução vamos abranger a alimentação vegetariana até a alimentação crua! Nós aprofundaremos os seus conhecimentos fundamentais para comer bem na cozinha vegetariana, responderemos todas as questões e preocupações comuns.

Iremos preparar algumas receitas, dentro da filosofia vegan, escolhidas especialmente para demonstrar quão ampla é a sua escolha sem, contudo, descuidar das áreas nutricionais, embora, claro, tendo o cuidado de serem sempre deliciosas!

"Não há" uma dieta perfeita "para todos. A saúde é dinâmica e nossos requisitos nutricionais mudam constantemente. A chave é começar a trabalhar por si mesmo, você pode fazer isso começando com uma dieta dominada por alimentos vivos e baseados em vegetais. Podemos obter a maioria, se não todos os nossos nutrientes de uma dieta baseada nas plantas, uma vez que sabemos como ". Heath
💚💚💚💚




💚WORKSHOP INICIACAO a COMIDA VEGETARIANA
(S) Sábado, 6 de Janeiro 2018 - 11:00 às 14:00  e/ou
(D) Domingo, 7 de Janeiro 2018 - 11:00 às 14:00

As receitas são fáceis, super saborosas e projetadas para atender a todos os nossos principais requisitos nutricionais, ao mesmo tempo em que você oferece uma base fantástica para desenvolver.
Vamos cobrir, ensinar (e provar!):
·         Os principais fundamentos nutricionais da abordagem de uma dieta vegetariana. (S)
·         Os benefícios e as armadilhas para evitar (S)
·         Queijos de noz com creme de cajú e paprika (S)
·         Leite de nozes e substituições de produtos lácteos (S)
·         Os ingredientes mais importantes e como usá-los (D)
·         Uma de deliciosa receita com quinoa. (D)
·         Como preparar salgadinhos vegetarianos e saudáveis (D)
·         Como utilizar os cogumelos e os vários tipos de tofu (D)
·         Sem esquecer os pequenos almoços ricos em papas, barritas energéticas e a magia dos smoothies e dos sumos verdes (D)

Todas as receitas são 100% isentas de glúten, produtos lácteos, açúcar refinado e ovos e feitas com os melhores ingredientes alimentares integrais.

Você terá oportunidade de degustar tudo que fizermos, bem como vai para casa
uma caixa com algumas iguarias que preparamos, recebera por email um ebook
com todas as receitas.
Não esqueça de trazer uma caixa bem limpa para levar nossas guloseimas para
casa.

O número de participantes será limitado, portanto, REGISTRE seu interesse o mais rápido possível para garantir um lugar. (S) Sábado, 6 de Janeiro 2018 e
(D) Domingo, 7 de Janeiro 2018 – 60 euros por pessoa os dois dias ou 35 euros por pessoa cada dia.

💚WORKSHOP o que vamos comer em 2018?
Terça-feira, 9 de Janeiro às 17:00 - 20:00

2018 será de mudanças, em que se vão adicionar cada vez mais vegetais, hortaliça e leguminosas nós pratos para dar-lhes sabores e saúde!

Vamos ter novas formas de criar alimentos crus
Os lanches crocantes seco e estaladiço vai surgir nos pratos como uma tendência. Exemplo disso são os desidratados.

Mais imaginação em busca de alternativas
A imaginação e sustentabilidade vão "manipular" ingredientes com técnicas que criam alternativas, como os hambúrgueres vegan (tipo malpassado feitos de beterraba), ou sushi feito de tomate. Com isso nascerá novos iogurtes proteicos com quem sabe… banana, macadâmia e nozes. O mesmo vai acontecer com os doces e sobremesas, e queijos vegans

Super Alimentos
“Por serem tão fáceis de incorporar, encontraram caminho para lattés, batidos, barras de nutrição, sopas e assados. Para um boost de energia ou uma alternativa ao café, pós como matcha, maca e cacau são cada vez mais comuns. O pó de açafrão terrestre ainda está em ascensão, o tempero popular usado na medicina ayurvédica. Os smoothies estão cada vez mais verdes com pós de espirulina, couve, ervas e raízes. Mesmo os pós de proteína evoluíram e, além dos daqueles que são utilizados para aumentar a massa muscular, surgem cada vez mais reforços nutricionais, como o colágeno que melhora a pele e os cabelos.” Segundo o Whole Foods.

Aproveitar os alimentos por inteiro
O desperdício e a sustentabilidade começam, finalmente, a ser uma preocupação real. Aproveitar o alimento de forma integral passa assim a ser ordem, gerando novas receitas e possibilitando novas texturas.
As nossas receitas são fáceis, super saborosas e projetadas para atender a todos os nossos principais requisitos ao mesmo tempo.

Vamos descobrir, ensinar (e provar!):
· . Os principais fundamentos nutricionais da abordagem de uma dieta vegetariana.
· Os benefícios e as armadilhas para evitar
· Receitas de Queijos de vegetal e creme de amendoim
· Leite de amêndoa e aveia e substituições de produtos lácteos
· Os ingredientes mais importantes e como usá-los
· Uma de deliciosa receita com muita proteína vegetal.
· Como preparar salgadinhos vegetarianos e saudáveis
· Como utilizar os cogumelos e o tofu
· Sem esquecer os pequenos almoços ricos em papas, barritas energéticas e a magia dos smoothies e dos sumos verdes

Todas as receitas são 100% isentas de glúten, produtos lácteos, açúcar refinado e ovos e feitas com os melhores ingredientes alimentares integrais.

dia 9 de Janeiro no Puro Bio (Saldanha) das 17h às 20 h
valor 35 euros
Puro Bio - Supermercado Biológico
Rua Fernão Lopes nº 17 A, 1000-132 Lisboa


sábado, 2 de dezembro de 2017

Cabada de vegan burger de grão de bico



Ingredientes

Saboroso e rápido Pão de semente de girassol cru
·         1 chávena de linhaça moída no momento
·         1/3 chávena de linhaça inteira
·         ½ colher de chá de sal
·         2 colheres de sopa de aipo finamente picado
·         1 chávena de água
·         1/3 chávena de tamari
·         2/3 chávena de sementes de girassol
·         ¼ chávena de sementes de sésamo preto

Vegan búrger de grão-de-bico
·         4 chávenas de grão-de-bico germinado
·         2 inhame em cubo (amornado a 50º C)
·         1 colher de chá de cominho
·         1 colher de chá de curry/caril em pó
·         1 pitada de pimenta preta moída no momento
·         Pedaço de gengibre de 1 cm ralado
·         1 colher de sopa de salsa fresca picada
·         2 colheres de sopa de farinha de linhaça moída no momento
·         1 colher de sopa de tahini orgânico
·         1 colher de sopa de tamari
·         Sementes de sésamo para revestir

Montagem do vegan-burger em formato cabaninha
·         2 fatias de pão de girassol cru - receita acima
·         2 folhas de alface
·         1 tomate finamente cortado
·         ¼ de pepino finamente cortado
·         1 cenoura pequena ralada
·         1 vegan-burguer cru ou cozido de grão-de-bico e inhame - receita acima
·         ¼ de abacate maduro finamente cortado
·         1 colher de chá de hummus
·         Sementes de girassol curry/caril para enfeitar - ou usar sementes de girassol cruas ou germinadas

Instruções

Pão de girassol rápido e fácil
1.    Esta é uma ótima receita para pão cru! Basta colocar todos os ingredientes em uma tigela e misturar muito bem para combinar. Deixe a mistura repousar por mais ou menos 15 minutos para absorver a água e, em seguida, espalhe na folha de papel vegetal com cerca de 1 cm de espessura, cobrindo a bandeja inteira.
2.    Eu faço no forno, aqueço a 100 graus, desligo e deixo o pão dentro ate arrefecer, repito a operação tantas vezes for necessário. Mas pode secar no desidratador 105 graus por 4 horas e depois virar e secar por mais uma hora ou duas até que o pão esteja seco, mas ainda suave e maleável. Corte cada folha em 9 peças iguais e guarde-as em um recipiente hermético na geladeira por até 2 semanas.
Burger de grão de bico
1.    Coloque os grãos-de-bico e a inhame em seu processador de alimentos e ate ficarem homogéneos e relativamente suave pode deixar mais grosso com alguns pedaços! Adicione os ingredientes restantes e processe até que tudo fique misturado.
2.    Molde em pequenos vegans burges com a mão e “bombardear” com sementes de sésamo leve para secar com uma folha de papel vegetal, no forno desligado é bem mais rápido – ligue o forno deixe atingir os 100 graus desligue, coloque os vegans-burgues e deixe até arrefecer, no desidratar vai levar de 6-8 horas a 105 graus.  Volte-os, leve ao desidratador até secar - outras 2-4 horas    Armazene em um recipiente hermético na geladeira por até 2 semanas.
Para montar a cabana
1.    Quando o pão estiver pronto, coloque todos os ingredientes da salada e em seguida, simplesmente empilhe o hambúrguer como você quiser – fica lindo uma camada de pão, alface, pepino, tomate, cenoura, casca, hummus, alface , e outro pão!



Inspirei-me aqui http://rawfoodrecipes.com/recipes

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Pizza, sim, mas crua!

Amo Pizza, então de for crua…. Vamos fazer uma base de linhaça, curgete e cebola, simplesmente seca e temperada com gosto.

ingredientes

Para a base:
§  1 colher de sopa de linhaça
§  1 curgete
§  1/2 cebola
§  alecrim
§  sal
§  pimenta
§  óleo

Para o tempero:
§  tomate cereja
§  rúcula
§  orégano

Para o queijo cru:
§  1/2 colher de sopa de várias sementes (castanha de caju, sementes de girassol, sementes de abóbora, sésamo etc.)
§  1/2 colher de sopa de água
§  2 colheres de sopa de suco de limão
§  sal
§  pimenta

procedimento

Para a base:
1.       Misture as sementes de linhaça até obter uma farinha mais ou menos granulada.
2.       Adicione a cebola e curgete até continuarem a se misturar.
3.       Tempere com aromas, sal e óleo.
4.       Neste ponto, trabalhe a mistura com as mãos, se não estiver  homogênea, adicione algumas colheres de água.
5.       Espalhe a mistura dentro de uma forma usando uma colher, mantendo a espessura de cerca de 1,5 cm.
6.       Secar , no desidratador por 5 horas, 42º ou no forno, aqueça a 100 graus, desligue coloque a forma no forno desligado e deixe arrefecer totalmente pode ter de repetir esse procedimento.

Para o tempero:
1.       Corte em pedaços pequenos o tomate e tempere com óleo, sal e orégano.
2.       corte a rúcula em pequenos pedaços.

Para Queijo:
1.       Misture o copo de sementes com água e adicione o sumo de limão, sal e pimenta
Quando a base estiver suficiente seca, coloque na pizza os tomates, a rúcula e o queijo cru.

notas


Termine a pizza logo antes de servir, caso contrário, o suco de tomate tenderá a suavizar a base excessivamente. Tempere a pizza como preferir.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Salada de quinoa germinada

Germinar quinoa
1. Mergulhar a quinoa numa grande tigela de água durante a noite.
2. Pela manhã, drenar e colocar uma peneira fina, eu uso as minhas “panelas furadas”, enxaguar e pendurar para permitir que a água escorra.
3. Enxaguar duas vezes ao dia (é necessário menos de um dia para ver a aparência do pequeno germe).
4. Quinoa é consumida a partir do momento em o narizinho aparece até o tiro atingir 2 a 3 cm.
A RECEITA: SALADA DE QUINOA GERMINADAS COM UVAS
Ingredientes:
• 1 chávena de quinoa (para embeber e brotar) (dá cerca de 2 chávenas)
• ¼ chávena de suco de limão
• 2 colheres de sopa vinagre balsâmico
• 2 colheres de sopa sopa de molho tamari
• 1 colher de sopa óleo de sésamo torrado
• 1½ chávenas de uvas frescas cortadas pela metade (vermelho ou verde ou ambas)
• 3 talos de aipo cortados em pequenos cubos
• 2 cenouras cortadas em fatias
• 1 abacate cortado em cubos
• 1 molho de coentro picado
• 1 punhado de manjericão fresco picado
• 1 punhado de menta fresca picada
• 1-2 cebolinha verde, finamente picada
• pimenta preta moída na hora
• ½ chávena de caju cru, germinado

Método:
1. Em uma grande tigela de salada, coloque a quinoa germinada e os primeiros 4 ingredientes: (limão, vinagre balsâmico, tamari, óleo de sésamo) e misture bem.
2. Adicione todos os outros ingredientes, exceto castanha de caju e misture.
3. Adicione caju imediatamente antes de servir.
4. Tempere a gosto.
5. Sirva! Mantenha um dia no frigorifico.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Janeiro de 2018 - Iniciação a comida vegetariana!


A alimentação baseada em ALIMENTOS VEGETAIS, CRUS e VIVOS realmente entrou na moda nos últimos anos - o segredo  é que não precisa ser chato, difícil, "perigoso" ou desagradável - em vez disso, pode ser um dos mais deliciosos, satisfatórios e nutritivos alimentos que você já comeu é uma escolha tão incrível para a sua saúde como para a  saúde do nosso planeta.

Se você quer aprender como é feito,  junte-se a nós, pois abordamos a área da saúde, da alimentação natural e da perfeição gastronómica, nesta introdução vamos abranger a alimentação vegetariana até a alimentação crua! Nós aprofundaremos os seus conhecimentos fundamentais para comer bem na cozinha vegetariana, responderemos todas as questões e preocupações comuns.

Iremos preparar algumas receitas, dentro da filosofia vegan, escolhidas especialmente para demonstrar quão ampla é a sua escolha sem, contudo, descuidar das áreas nutricionais, embora, claro, tendo o cuidado de serem sempre deliciosas!

"Não há" uma dieta perfeita "para todos. A saúde é dinâmica e nossos requisitos nutricionais mudam constantemente. A chave é começar a trabalhar por si mesmo, você pode fazer isso começando com uma dieta dominada por alimentos vivos e baseados em vegetais. Podemos obter a maioria, se não todos os nossos nutrientes de uma dieta baseada nas plantas, uma vez que sabemos como ". Heath
💚💚💚💚




💚WORKSHOP INICIACAO a COMIDA VEGETARIANA
(S) Sábado, 6 de Janeiro 2018 - 11:00 às 14:00  e/ou
(D) Domingo, 7 de Janeiro 2018 - 11:00 às 14:00

As receitas são fáceis, super saborosas e projetadas para atender a todos os nossos principais requisitos nutricionais, ao mesmo tempo em que você oferece uma base fantástica para desenvolver.
Vamos cobrir, ensinar (e provar!):
·         Os principais fundamentos nutricionais da abordagem de uma dieta vegetariana. (S)
·         Os benefícios e as armadilhas para evitar (S)
·         Queijos de noz com creme de cajú e paprika (S)
·         Leite de nozes e substituições de produtos lácteos (S)
·         Os ingredientes mais importantes e como usá-los (D)
·         Uma de deliciosa receita com quinoa. (D)
·         Como preparar salgadinhos vegetarianos e saudáveis (D)
·         Como utilizar os cogumelos e os vários tipos de tofu (D)
·         Sem esquecer os pequenos almoços ricos em papas, barritas energéticas e a magia dos smoothies e dos sumos verdes (D)

Todas as receitas são 100% isentas de glúten, produtos lácteos, açúcar refinado e ovos e feitas com os melhores ingredientes alimentares integrais.

Você terá oportunidade de degustar tudo que fizermos, bem como vai para casa
uma caixa com algumas iguarias que preparamos, recebera por email um ebook
com todas as receitas.
Não esqueça de trazer uma caixa bem limpa para levar nossas guloseimas para
casa.

O número de participantes será limitado, portanto, REGISTRE seu interesse o mais rápido possível para garantir um lugar. (S) Sábado, 6 de Janeiro 2018 e
(D) Domingo, 7 de Janeiro 2018 – 60 euros por pessoa os dois dias ou 35 euros por pessoa cada dia.

💚WORKSHOP o que vamos comer em 2018?
Terça-feira, 9 de Janeiro às 17:00 - 20:00

2018 será de mudanças, em que se vão adicionar cada vez mais vegetais, hortaliça e leguminosas nós pratos para dar-lhes sabores e saúde!

Vamos ter novas formas de criar alimentos crus
Os lanches crocantes seco e estaladiço vai surgir nos pratos como uma tendência. Exemplo disso são os desidratados.

Mais imaginação em busca de alternativas
A imaginação e sustentabilidade vão "manipular" ingredientes com técnicas que criam alternativas, como os hambúrgueres vegan (tipo malpassado feitos de beterraba), ou sushi feito de tomate. Com isso nascerá novos iogurtes proteicos com quem sabe… banana, macadâmia e nozes. O mesmo vai acontecer com os doces e sobremesas, e queijos vegans

Super Alimentos
“Por serem tão fáceis de incorporar, encontraram caminho para lattés, batidos, barras de nutrição, sopas e assados. Para um boost de energia ou uma alternativa ao café, pós como matcha, maca e cacau são cada vez mais comuns. O pó de açafrão terrestre ainda está em ascensão, o tempero popular usado na medicina ayurvédica. Os smoothies estão cada vez mais verdes com pós de espirulina, couve, ervas e raízes. Mesmo os pós de proteína evoluíram e, além dos daqueles que são utilizados para aumentar a massa muscular, surgem cada vez mais reforços nutricionais, como o colágeno que melhora a pele e os cabelos.” Segundo o Whole Foods.

Aproveitar os alimentos por inteiro
O desperdício e a sustentabilidade começam, finalmente, a ser uma preocupação real. Aproveitar o alimento de forma integral passa assim a ser ordem, gerando novas receitas e possibilitando novas texturas.
As nossas receitas são fáceis, super saborosas e projetadas para atender a todos os nossos principais requisitos ao mesmo tempo.

Vamos descobrir, ensinar (e provar!):
· . Os principais fundamentos nutricionais da abordagem de uma dieta vegetariana.
· Os benefícios e as armadilhas para evitar
· Receitas de Queijos de vegetal e creme de amendoim
· Leite de amêndoa e aveia e substituições de produtos lácteos
· Os ingredientes mais importantes e como usá-los
· Uma de deliciosa receita com muita proteína vegetal.
· Como preparar salgadinhos vegetarianos e saudáveis
· Como utilizar os cogumelos e o tofu
· Sem esquecer os pequenos almoços ricos em papas, barritas energéticas e a magia dos smoothies e dos sumos verdes

Todas as receitas são 100% isentas de glúten, produtos lácteos, açúcar refinado e ovos e feitas com os melhores ingredientes alimentares integrais.

dia 9 de Janeiro no Puro Bio (Saldanha) das 17h às 20 h
valor 35 euros
Puro Bio - Supermercado Biológico
Rua Fernão Lopes nº 17 A, 1000-132 Lisboa


Direitos do Leite da terra

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte poderá ser reproduzida, de forma alguma, sem a permissão formal por escrito do seu autor, excepto as citações incorporadas em artigos e ou postes com os devidos créditos